Home

A Artrose para os Corredores

1200x900_Joelho

Para quem pratica exercícios aeróbicos de alto impacto como a corrida ou o futebol, os incômodos no joelho podem ser recorrentes (mais para alguns, menos para outros). E a lesão do alemão Khedira, jogador do Real Madrid, na última semana, exemplifica como problemas no joelho são comuns. O atleta vai ser submetido a uma artroscopia e deve ficar fora de combate por cerca de seis semanas.

A artrose, por exemplo, é uma doença de caráter inflamatório e de capacidade degenerativa das articulações. As juntas que mais sofrem são aquelas que suportam o peso do corpo, como a coluna vertebral, os quadris e os joelhos.

Para quem não pratica atividades físicas regularmente ou está começando na corrida, por exemplo, as chances de desenvolver uma artrose são maiores. Com isso, a pessoa diminui e até chega a parar de correr, o que piora a doença.

Se não for tratada, a tendência é que as dores aumentem progressivamente, sendo acentuada junto da prática de atividades físicas. O fortalecimento e o alongamento muscular são importantes para as articulações, visando à prevenção da artrose.

Atividades como ciclismo, natação e yoga podem auxiliar na reabilitação e reforço muscular, reduzindo os incômodos e dores causados pela inflamação. Em último caso, é possível realizar uma artroscopia, que é efetiva e exige um tempo de recuperação menor do que uma cirurgia.

No entanto, é importante ressaltar que não é possível reverter uma cartilagem já degenerada pela artrose, por isso atividades preventivas são vitais para quem está começando a correr e deseja evitar problemas futuros.

padrao_1200x900_3dias

2 comentários para A Artrose para os Corredores
  1. Eduardo Romualdo Ferreira disse:

    eu gostaria de saber se quem ja tem artrose pode correr ou deve prar?

  2. Eduardo Romualdo Ferreira disse:

    eu gostaria de saber se quem ja tem artrose pode correr ou deve parar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *