Home

Riscos dos exercícios em jejum

Ao contrário do que alguns acreditam, praticar atividades físicas em jejum não resulta no emagrecimento.

1200x900_BMulher_Jejum

Praticar atividades físicas em jejum não resulta no emagrecimento, e está longe de ser uma medida benéfica para a saúde, ao contrário do que alguns acreditam. Há quem diga que tal prática leva à redução da gordura corporal, mas isso é apenas um mito. O organismo não queima necessariamente as gorduras quando busca fontes alternativas de energia.

Nosso corpo entra, obrigatoriamente, em jejum quando dormimos. Após esse período, nosso organismo demanda a ingestão de carboidratos pela manhã, para a reposição dos níveis energéticos, consumidos pelo sistema nervoso central no período noturno.

Desta forma, se o atleta, ao invés de tomar um café da manhã contando com seus carboidratos matinais necessários, se levanta e vai direto para o treino, ele compromete seu próprio bem estar, visto que, como seus níveis de glicose no organismo estão baixos, ele pode desmaiar no meio da corrida, por exemplo.

Nosso organismo passa a consumir primariamente as proteínas corporais para transformá-las em glicose em exercícios mais intensos, tentando impedir o desmaio. Dessa forma, o atleta perde massa magra e, ainda por cima, mantém os níveis de gordura corporal. Por isso que a boa e velha rotina de exercícios aliada a uma dieta equilibrada e regrada é o a garantia do bem estar do atleta.

Leia mais:

Hipertrofia com os Carboidratos certos! 

Os riscos das dietas restritivas

Benefícios dos sucos naturais

face_1200x900_-copy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *