Home

A Maratona de Londres e suas tradições

 

No último fim de semana foi realizada a 34ª Maratona de Londres, que teve o queniano Wilson Kipsang como seu vencedor, completando a prova em duas horas, quatro minutos e vinte e sete segundos. Ele atingiu a melhor marca da competição, realizando o percurso onze segundos mais rápido que o antigo detentor, Emmanuel Mutai da Etiópia. Foi o segundo título do queniano, que conquistou a maratona também em 2012. Edna Kiplagat venceu a prova feminina com a marca de duas horas, vinte minutos e vinte e um segundos.

A Maratona de Londres é famosa por possuir corredores “ilustres”, normalmente fantasiados. E até marcas são atingidas pelos corredores customizados: este ano o recorde de maratonista fantasiado como um animal foi para Alex Collins, vestido como um tigre. Além dele, David Stone se fantasiou como personagem de TV, Lee Goldwin como homem fantasiado de noiva, dentre tantos outros recordes anotados pelo Guiness.

Este clima descontraído está relacionado com os princípios definidos pelos fundadores da Maratona, John Disley e Chris Brasher:

1) Melhorar os padrões da maratona na Inglaterra, fornecendo um circuito rápido e de alto nível competitividade internacional;

2) Mostrar para a humanidade que, em certas ocasiões, ela pode se unir;

3) Arrecadar fundos para o esporte e ambientes de lazer em Londres;

4) Ajudar a incentivar o turismo em Londres;

5) Provar que a “Grã Bretanha é melhor” se tratando de organização de grandes eventos;

6) Se divertir e fornecer alguma alegria e sensação de “dever cumprido” em um mundo problemático.

Você acha que atingiria uma boa marca na Maratona de Londres? Ou você iria apenas pela diversão, idealizada pelos fundadores e concretizada nos dias atuais? Comente e participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Copyright © 2003-2011 - Centauro.com.br. Todos os direitos reservados.