Home

As possibilidades da esteira

Seja pelo frio, por medo dos carros, pela praticidade da academia ou diferentes motivos, muitas pessoas preferem a esteira em comparação aos treinos na rua. Pode ser uma boa opção, mas para quem quer participar de provas ou está acostumado com o asfalto, há certos pontos que diferenciam os dois treinos.

Na esteira, é possível controlar melhor o treinamento em relação à frequência cardíaca, ritmo e mecânica do movimento. Com um espelho à frente, ainda há a possibilidade de corrigir a postura, pisada e o movimento dos braços.

A principal diferença é o seu impacto reduzido, que pode ser reparado inclinando o aparelho em 1% ou 2%. Além disso, na academia, a ausência do vento deixa de diminuir a temperatura corporal e controlar a desidratação, mas um ventilador pode ajudar.

Não há estudos que garantam um percentual comparativo no que se refere à frequência cardíaca, mas alguns mostram que o gasto calórico é semelhante nas duas modalidades e todos os tipos conhecido de corrida praticados na rua, como o Fartleck, podem ser realizados na esteira.

Mas é bom lembrar que, para os corredores, a esteira deve ser complementar à rua, que requer mais atenção e apresenta irregularidades no piso. Um treino restrito à segurança da máquina pode deixar o indivíduo mal acostumado e diminuir o seu reflexo contra torções.

Aproveite os benefícios da esteira, mas não deixe de treinar uma vez por semana, pelo menos, na rua. Assim, estará melhor preparado para uma prova.  E não esqueça de tomar os devidos cuidados, como não parar bruscamente após o exercício e esperar a esteira encerrar seu movimento para, então, descer.

Caso queira praticar em casa, separamos alguns modelos para você:

1.Esteira Eletrônica Reebok Ice

2.Esteira Houston HF1301 – 220V

3.Esteira Johnson Treo T707 – 110V

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Copyright © 2003-2011 - Centauro.com.br. Todos os direitos reservados.