Home

Treinando na areia

A corrida diária é essencial na rotina de muitas pessoas. E a diversificação de treinos é importante para evitar o desgaste de regiões musculares específicas e estabelecer um condicionamento mais completo. No caso do treino na areia, diversos benefícios podem ser citados, mas também é preciso cautela.

Para quem mora no litoral, o cenário contemplativo e a brisa são diferenciais que só o treino a beira do mar pode oferecer. O terreno possui menos impacto sobre as articulações que o asfalto, por exemplo. Desta forma, o volume semanal de treinos pode ser elevado, contribuindo para a estabilidade das articulações e o fortalecimento dos músculos inferiores.A irregularidade da superfície estimula os propriorecpetores, mecanismos sensoriais que existem em nossos músculos, que respondem a comandos e sinais de contração ou estiramento agudos, gerando maior controle muscular e estabilidade das articulações do quadril, joelho e pé.

Em contrapartida, é importante ressaltar a grande exigência muscular que a areia propicia. Em termos de equilíbrio, o terreno é muito benéfico. Entretanto, é o piso que gera mais lesões por conta do desnivelamento, sobrecarregando um dos lados do corpo, eventualmente, além de deixar o atleta mais sujeito a lesões ligamentares no tornozelo.

Não deixe de tentar a corrida na areia para complementar seu treino, mas mantenha a cautela e atenção para prevenir lesões e contratempos. Você já tentou dar a corridinha na beira do mar? Qual sua dica para os outros leitores? Não deixe de comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>