Home

Se exercitando no frio

Muitas pessoas fogem dos exercícios no frio, cedendo à preguiça. Outras até realizam atividades físicas, mas majoritariamente em locais fechados, para fugir das baixas temperaturas. Afinal, o frio não é um dos grandes aliados das atividades físicas – inclusive, te incentiva a ficar em casa, curtir uma xícara de café (que também pode trazer diversos benefícios) e um filme.

E, se você não pratica exercícios exclusivos de baixas temperaturas, como hóquei ou patinação no gelo, é importante levar dois pontos em consideração na hora de se exercitar em temperaturas excessivamente baixas: aspectos físicos do ambiente e a própria necessidade do seu treino neste dia.

A atividade física faz com que seu corpo gere grandes quantidades de calor, contrapondo-o ao frio do ambiente. No entanto, a baixa temperatura favorece a perda de calor corporal e o vento pode aumentar essa condição. Se a umidade da roupa aumenta, seja pelo suor ou pela chuva, o risco de hipotermia (temperatura corporal abaixo do normal) aumenta, especialmente após o término do exercício, quando a produção de calor metabólico diminui.

Realize uma caminhada leve antes do alongamento, com aumento da intensidade de maneira gradativa; hidrate-se bem, pois a baixa temperatura e o vento podem enganar a necessidade de repor seus líquidos; não é indicado permanecer com a roupa úmida após o treino por longos períodos, por abaixar rapidamente sua temperatura corporal; alongamento após o exercício também é vital para evitar lesões e contraturas, por exemplo.

Seguindo essas dicas você pode vencer o frio e se exercitar com muito mais vigor e segurança!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>