Home

Predisposição para a preguiça?

Uma das coisas mais comuns para quem navega nas redes sociais é encontrar notícias, estudos e pesquisas sobre a importância de atividades físicas no nosso dia a dia. Mesmo com esse grande fluxo de informações que promovem um estilo de vida mais saudável, ainda é muito difícil para algumas pessoas incorporar e adotar essas mudanças em suas rotinas. Mesmo sabendo que é o melhor para elas, e às vezes até vital para sua saúde, por que algumas pessoas insistem em não se exercitar?

Um estudo realizado na Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, sugere que possa existir uma predisposição genética para indivíduos se exercitarem mais ou menos. De acordo com a pesquisa liderada pelo Dr. Frank Booth, existem diferenças genéticas que fazem alguns se exercitarem mais do que outros.

Já vimos no Blog Mulher que diversos hormônios são responsáveis pela sensação de bem estar e felicidade após praticar algum esporte que você curte: serotonina, dopamina, noradrenalina e até a famosa endorfina proporcionam o relaxamento e te dão a sensação de prazer na prática do exercício.

No entanto, na pesquisa liderada pelo Dr. Booth, primariamente realizada e testada em ratos, trouxe a conclusão que alguns ratos não se exercitavam porque não sentiam tanto prazer quanto os outros naquela atividade. A liberação de neurotransmissores é condicionada e específica para cada indivíduo.

Mas, ainda assim, a pesquisa não indica que algumas pessoas estão fadadas ao sedentarismo: os ratos que não sentiam tanto prazer na atividade, após insisti-los a correr, desenvolveram mais a área responsável pela sensação de satisfação após a atividade física no cérebro. Os indivíduos podem recondicionar seus cérebros de modo a tornar a atividade prazerosa!

Então se você tem dificuldade em levantar do sofá, não coloque a culpa na genética: vença a preguiça e tenha o dobro da força de vontade para se exercitar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>