Home

Alimentação fundamental: desjejum

Que uma alimentação equilibrada e saudável é importante, todo mundo sabe. O problema, muitas vezes, é saber mensurar e equilibrar o que comer e o que evitar, de acordo com seus próprios objetivos. Mas, independente de metas como atleta ou não, o desjejum tem papel fundamental na manutenção e do pleno funcionamento do seu organismo no dia a dia!

Até para quem quer emagrecer é importante ter um café da manhã balanceado é vital para a perda de peso. Se alimentar periodicamente em intervalos curtos de tempo (de 4 em 4 horas, por exemplo) é que realmente ajuda na hora de perder o “peso extra”. Proteínas, vitaminas, minerais e carboidratos devem aparecer na dieta.

Para quem realiza atividades físicas pela manhã, como a corrida, treinar em jejum não é recomendado, pois uma hipoglicemia pode atrapalhar o treino. Inclusive, caso você treine cedo e não tenha muito tempo para ingerir um café da manhã mais elaborado, busque fazer um lanche rápido mais rico em carboidratos. Caso você tenha um café completo, lembre-se de treinar apenas uma hora após a refeição, para uma digestão mais plena.

Para quem treina mais cedo e precisa de um lanche mais rápido, temos sugestões: uma barra de cereais e uma maçã, uma salada de frutas com mel e cereais e até uma torrada com geleia e um suco de laranja são opções válidas. Também é importante complementar o café após a corrida, ingerindo alguma bebida com carboidrato após o exercício junto com um lanche com proteínas e carboidratos complexos.

Além de ativar nosso metabolismo para encararmos nossas rotinas com muito mais disposição, o café da manhã é essencial para quem pratica atividades físicas. Qual sua dica de desjejum para quem busca se exercitar diariamente? Não deixe de comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>