Home

Outubro Rosa: Caminhada ajuda a prevenir câncer de mama


Mulheres entre 50 a 74 anos que caminham uma hora por dia têm um risco 14% menor de desenvolver câncer de mama do que aquelas sedentárias. Esse é o resultado da pesquisa da Sociedade Americana de Câncer publicada na revista “Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention” e que vem à tona num momento em que Ministério da Saúde e diversos órgãos brasileiros e internacionais estão mobilizados em uma campanha de prevenção e conscientização sobre a detecção precoce da doença: o Outubro Rosa.

Segundo os autores, essa é a primeira pesquisa a ligar diretamente os benefícios da caminhada com a prevenção do câncer de mama. E o que é mais importante: num grupo de mulheres entre 50 e 74 anos, que vive a fase da pós-menopausa, onde a incidência da doença é maior. O estudo ainda apontou que aquelas que realizam pelo menos uma hora por dia de atividade física intensa (a exemplo de corrida, treinos na academia, entre outros exercícios) tiveram um risco 25% menor em comparação com mulheres que eram menos ativas.

Para a realização dessa pesquisa, a Sociedade Americana de Câncer acompanhou 73.615 mulheres na pós-menopausa, das quais 4.760 foram disgnosticadas com câncer de mama durante o período de 17 anos em que ficaram sob observação.

Números - Este tipo de câncer é o que mais atinge mulheres em todo o mundo. Uma em cada 12 mulheres, no decorrer da vida, vai ser diagnosticada com câncer de mama no Brasil, segundo estimativa do Institute for Health Metrics and Evaluation. Em 2013, esperam-se, para o Brasil, 52.680 casos novos da doença, com risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres.

Hábitos - E a maioria dos fatores de risco está ligada ao estilo de vida: sedentarismo, obesidade, fumo, ingestão excessiva de álcool e alguns tipos de alimentos, como carnes, frituras e enlatados. Ter hábitos saudáveis comprovadamente diminui as chances de desenvolver a doença. Além de adotar medidas preventivas, as mulheres entre 40 e 49 anos devem fazer anualmente o exame clínico das mamas.

Cura - Quando o diagnóstico é feito precocemente, a chance de cura é de até 95%. Em países em desenvolvimento, como o Brasil, a sobrevida está em torno de 60%. A mastectomia, a cirurgia de retirada da mama, é a indicação mais adequada de tratamento. Saiba mais sobre a doença e formas de prevenção: http://bit.ly/1br0A2c

Aproveite os descontos nos calçados da Centauro:

Adidas até 50% OFF

Mizuno até 63% OFF

Nike até 53% OFF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>