Home

Aprenda como proteger os seus cabelos no inverno

 

O inverno chegou e as mudanças climáticas têm um efeito destrutivo nos nossos cabelos. Ao contrário do que muita gente pensa, não é só no verão que devemos ter cuidado com a cabeleira, o tempo frio também pode ser prejudicial. Saiba como cuidar dos seus fios.

Com o friozinho chegando principalmente no Sul/Sudeste/Centro-Oeste do Brasil, a tendência é aumentar a temperatura da água no banho e usar o secador, e isso acaba com os fios. A água quente retira, aos poucos, o óleo presente no couro cabeludo conhecido como manto hidrolípidico, que tem como principal função realizar uma proteção natural e lubrificar.

Sem este óleo, é comum o cabelo parecer mais ressecados, quebradiço, o que resulta nas pontas duplas e até na queda de mais fios. Alguns cabelos reagem naturalmente, repondo o óleo que se perde, gerando outro aspecto que incomoda as mulheres, o de cabelo “engordurado”, pelo excesso de óleo.

A dermatologista Edilma de Fátima Peixoto Cavalcanti, especialista em cuidado com os cabelos, afirma que o uso do secador quente faz com que a temperatura do cabelo suba com velocidade, o que reduz o teor de umidade para abaixo do nível normal.

“A evaporação da água da superfície do cabelo, por conta do calor excessivo, faz com que as camadas superiores da cutícula fiquem mais rígidas e frágeis que as camadas mais profundas. Isso provoca fraqueza, que se manifesta através de rachaduras na superfície da cutícula, o que pode acarretar no aparecimento de caspa”, explicou.

Também em entrevista ao Blog Centauro Mulher, o cabeleireiro Pedro Lima deu dicas para manter os fios sempre bem cuidados: “se não conseguir lavar os cabelos com água morna no inverno, seja bem rápida. Finalize o enxágue com água fria para deixar os fios mais brilhantes.”

E chamou atenção para a necessidade de manter os fios hidratados. “Evite a temperatura quente do secador e hidrate os fios com frequência usando condicionador em todas as lavagens e cremes de tratamento uma vez por semana, ou sempre que sentir necessidade. Vale investir em um protetor térmico, use sempre com o cabelo úmido, uma ou duas gotas, em todo o comprimento”, completou.

Já no Norte/Nordeste brasileiro, o problema não é exatamente o frio, mas a quantidade de chuvas que acabam com o cabelo, fazendo com que fiquem mais ondulados, armados e com frizz. Isso ocorre por causa da umidade do ar que entra em contato com os fios carregados de hidrogênio e causa uma ligação química natural que altera a estrutura dos cabelos e os deixa arrepiado.

Neste caso, as cutículas dos fios se abrem e o cabelo volta ao estado normal, acabando com a escova e a chapinha. Para quem possui cabelo ondulado, cacheado e crespo, a dica de Pedro Lima é impermeabilizar os cabelos com um spray ou leave-in, criando uma película protetora e assumir o natural. Os produtos anti-frizz também podem ajudar.

Quem tem cabelo liso deve deixar que eles fiquem secos naturalmente para evitar o frizz ou usar o secador em temperatura fria, alisando os cabelos para baixo com os próprios dedos. Em ambos os casos, é interessante passar silicone nas pontas dos fios, ou, se achar necessário, até um pouco mais para cima, mas nunca na raiz.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>