Home

10 anos de Brasileirão de Pontos Corridos


O formato atual do Campeonato Brasileiro já tem uma década. E para marcar esta idade repleta de simbolismos, vamos analisar alguns aspectos interessantes da história do campeonato, mostrando as principais mudanças no torneio.

Com a Era dos pontos corridos, um dos ganhos mais significativos para o futebol nacional foi a competitividade. Os times têm mais chances de ganhar, pois se começam o campeonato mal, têm tempo para corrigirem os erros e darem a volta por cima.

Um fato curioso com relação à maior competitividade foi o rebaixamento de grandes times. Ao todo, 10 campeões brasileiros já foram rebaixados para a Série B: Bahia, Guarani, Grêmio, Atlético-MG, Coritiba, Corinthians, Vasco, Sport, Atlético-PR e Palmeiras. Alguns dos rebaixados, como Corinthians e Atlético-Mg, souberam aproveitar o campeonato para evoluir nos anos seguintes.

O Cruzeiro ilustra a foto do post de hoje porque está presente nos dois marcos históricos do novo formato do Brasileirão. A Raposa faturou o título na primeira edição dos pontos corridos, em 2003, e de quebra foi dona do melhor aproveitamento, com 72,5% naquele ano. Além disso ela é a atual líder do campeonato, podendo conquistar o torneio novamente.

Outra vantagem é que, todos os times jogam todas as rodadas. Bom para o torcedor, que pode ir ao estádio assistir o seu clube do coração mais vezes, e bom para o time, que arrecada mais, com mais jogos dentro de casa.

Apaixonado por futebol, você se lembra de como era o Campeonato Brasileiro antes da Era dos pontos corridos? Para você, o novo formato foi benéfico para o esporte no País? Deixe a sua opinião!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>