Home

Viva Garrincha!

A “alegria do povo”. O “anjo de pernas tortas”. Manuel Francisco dos Santos era conhecido por essas duas expressões, mas foi o apelido de Garrincha que caiu no gosto do povo. Futebol-arte, dribles abusados e uma forma divertida de jogar deixam uma saudade tremenda entre as gerações que tiveram a chance de vê-lo em campo. Hoje, Mané Garrincha completaria 78 anos se estivesse vivo.

Ao longo da vida, ele marcou nada menos do que 283 gols, conquistou inúmeros títulos e fez 13 filhos! Começou a carreira no Esporte Clube Pau Grande, time de sua cidade natal (que leva o mesmo nome do clube e está situada no estado do Rio de Janeiro), passou pelo Serrano Foot Ball Club e chegou até o Botafogo.

Foi exatamente no time da estrela solitária que ele brilhou. Defendeu a camisa alvinegra por 12 anos e é considerado por sua torcida o maior ídolo de todos os tempos. Suas perninhas tortas lhe conferiam uma habilidade espantosa. Ele jogou também no Corinthians, no Flamengo, no Olaria, entre outros times brasileiros e estrangeiros.

Na seleção, Garrincha vestiu a camisa por três Copas do Mundo: 1958, 1962 e 1966. Pasmem, com ele no time, o Brasil venceu 52 vezes, empatou sete e perdeu apenas uma vez. O mais impressionante: com Garrincha e Pelé juntos, o Brasil jamais foi derrotado! Eram tempos de ouro. Seu último gol com a camisa verde e amarela foi contra a Bulgária, em 1966.

O que entristece os apaixonados pelo futebol foi a forma como ele encerrou sua carreira. Sofreu com o alcoolismo, sendo internado várias vezes. Acidentes de carro, como no que faleceu a mãe de Elza Soares, sua esposa na época, e tentativas de suicídio mostravam uma vida sofrida, por trás de tantos gols.

Garrincha faleceu no dia 20 de janeiro de 1983, vítima de uma cirrose. Apesar das dificuldades e problemas na vida pessoal, em campo, ele era imbatível. Será eternamente um ídolo e inspiração para os jogadores. Aliás, o que se espera dessa nova geração de atletas é justamente a alegria e diversão que Mané um dia imprimiu no futebol. Viva Garrincha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>